7.11.06

Microsoft ataca Linux em propaganda na Alemanha

Aparentemente a Microsoft está sentindo-se ameaçada pelo sistema operacional livre mais popular do planeta. O GNU/Linux acaba de comprovar o quanto "incomoda" a gigante, quando pela primeira vez, a MS através de um anuncio faz um ataque direto...

Este fato aconteceu na revista alemã CT Magazine, quando a gigante monopolista, em uma de suas propagandas, colocou uma imagem subentendendo que o GNU/Linux é um sistema operacional muito mutável e, por isso, não confiável.

Verifique o texto da propaganda: "Um sistema operacional Open Source não é composto só por vantagens. Um sistema operacional Open Source sofre mutações. Já o Windows 2000 oferece todos os serviços provenientes de uma fonte simples. Isto economiza tempo e, consequentemente, muito dinheiro."

No texto publicado, de forma inesperada, a Microsoft enfim assume que o sistema operacional livre tem vantagens. A imagem demonstra que o GNU/Linux é ameaçador por não possuir uma única versão e por não ser controlado por uma autoridade central, portanto é altamente mutável, mas isto não quer dizer inseguro, muito pelo contrário.

Este anúncio enfim comprova que a Microsoft não está tão tranquila quanto parece. A "agressão" é uma forma de fraqueza. Já que a gigante dos softwares não consegue conter o avanço dos sistemas livres, usa o marketing, a publicidade, como sua melhor arma.

A comunidade brasileira não perdeu tempo, e na base da galhofa dá o troco.

Link para referência