8.11.06

Munique começa a trocar Windows por Linux em desktops

Dusseldorf - Um ano atrasada e três anos depois de anúncio, 100 computadores foram migrados. Até o final do ano, mais 200 vão ganhar Linux. A cidade de Munique, na Alemanha, começou seu plano de migração para o sistema operacional Linux em desktops, um ano atrasada e cerca de três anos depois de ter anunciado que utilizaria o software de código aberto.

“Houve atrasos, mas agora estamos nos movendo”, declarou Florian Schiessl, gerente do projeto Linux da cidade de Munique.

Desde terça-feira (19/09), os primeiros 100 computadores, dos 14 mil que a cidade tem, trocaram o Windows e o Office, da Microsoft, pelo Linux e o OpenOffice, respectivamente.

“Hoje, estamos trabalhando tanto em Windows como em Linux”, afirmou Schiessl. “Mas nos próximos dois anos, o mundo Linux vai ficar cada vez maior”.

Uma migração completa para o Linux é considerada “irrealista”, por Schiessl. Ela diz que alguns hardwares da administração pública vão continuar a usar Windows.

Até o final do ano, a cidade de Munique planeja migrar 200 computadores para plataforma de código aberto.

Link para referência