8.11.06

Novo celular com Linux encoraja o desenvolvimento de novas aplicações

Programado para chegar ao mercado em janeiro, smartphone Neo1973 traz plataforma em Linux OpenMoko que encoraja novos aplicativos.

A companhia taiwanesa de eletrônicos First International Computer espera replicar a natureza aberta do PC em telefones celulares com o lançamento de um smartphone rodando uma plataforma aberta baseada em Linux desenvolvida pela companhia.

O smartphone Neo1973, da FIC, apresentado na última terça-feira (07/11) e deverá começar a ser vendido em janeiro, roda o softwares OpenMoko, uma nova plataforma aberta voltada para o desenvolvimento de aplicações móveis.
O desenvolvedor do OpenMoko e diretor de produto da FIC, Sean Moss-Multz, planeja facilitar o compartilhamento de aplicações para que usuários criem a partir da comunidade e de recursos comerciais.

O OpenMoko é baseado no projeto OpenEmbedded, ambiente de desenvolvimento que permite que aplicações trabalhem entre diversos sistemas em Linux para que o usuário tenha acesso a diversas aplicações em código-aberto já existentes.
O telefone operará e redes GSM em grande parte do mundo e também incluirá tecnologia GPS para serviços de localização e navegação, além de ter ferramentas para e-mail, calendário e sincronização da empresa Funambol.

A mudança para o uso de Linux em telefones móveis está ganhando força, mas ainda é bastante fragmentada. Diversos grupos, incluindo a Iniciativa para Linux Móvel, o Fórum para Padrões de Linux em Celulares e outros anunciaram recentemente planos para construir um kernel e APIs comuns para o Linux móvel, em esforço para unificiar a comunidade Linux.

Link para referência