9.1.07

Acessando o youtube "censurado"

Bom, como aqui no Brasil tudo o que é errado passa por certo e o que é certo por errado, recentemente fomos CENSURADOS pela justiça que nos impediu de acessar o site de compartilhamentos de videos youtube.
Tudo isso por causa de uma depravada que, não atentando para o pudor das pessoas presentes, resolveu transar ao céu aberto em uma praia, claro alguem filmou e imediatamente lançou na rede mundial.

Mas como bons brasileiros que somos, ja demos um jeitinho. Vamos lá:

Basta configurar o proxy de seu navegador com esses dados
IP: 203.144.160.250
Porta: 80

Para quem nao sabe onde está essa opção no Firefox vai a dica:

Linux:
Editar > Preferências > Avançado > Rede >Configurações > Configuração Manual de Proxy
No campo HTTP coloque o seguinte IP: 203.144.160.250 e na Porta 80.

Windows:
Ferramentas > Opções > Geral > Configurar Conexão > Configuração Manual de Proxy
No campo HTTP coloque o seguinte IP: 203.144.160.250 e na Porta 80.

No Internet Explorer:
Ferramentas > Opções de Internet > Conexões > Configurações da LAN
Habilite a opção Usar um Servidor Proxy .....
No endereço coloque o ip 203.144.160.250 na Porta coloque 80.

Pronto, basta acessar o youtube a partir dai. Lembrando que deve-se alterar essas configurações apenas para acessar o youtube depois para ter o acesso normalizado DEVE-SE voltar as configurações padrões do navegador.

5.1.07

Revista Guia do hardware 1ª Edição

A revista Guia do Hardware.net é uma proposta inovadora. Uma revista digital, produzida com o mesmo cuidado e qualidade de uma revista impressa, contendo artigos e tutoriais aprofundados sobre hardware, redes e Linux, porém distribuída gratuitamente :). É só acessar o http://guiadohardware.net/revista/ e baixar a sua todos os meses. Não existem condições nem limitações. Você pode baixar, indicar para seus amigos, imprimir as matérias que mais gostar e assim por diante.


Como em toda empreita do mestre Morimoto, mais um trabalho bem feito. Ótima revista, certamente quem fizer o download não ficará arrependido.


Link para referência

3.1.07

Bill Gates vs General Motors


A um certo tempo em uma feira de informática (Comdex), Bill Gates fez uma infeliz comparação da indústria de computadores com a automobilística e declarou:

- Se a GM tivesse evoluído tecnologicamente tanto quanto a indústria de computadores evoluiu, estaríamos todos dirigindo carros que custariam 25 dólares e que fariam 1000 milhas por galão (algo como 420km/l).



A General Motors, respondendo "na bucha", divulgou o seguinte comentário a respeito dessa declaração:

Se a Microsoft fabricasse carros:

1) Toda vez que eles repintassem as linhas das estradas, você teria de comprar um carro novo.

2) Ocasionalmente, dirigindo a 100 Km/h, seu carro, de repente, morreria na auto-estrada sem nenhuma razão aparente, e você teria apenas que aceitar isso, religá-lo (desligar o carro, tirar a chave do contato, fechar o vidro, sair do carro, fechar e trancar a porta, abrir e entrar no carro, sentar-se no banco, abrir o vidro, colocar a chave no contato e ligar e seguir adiante.

3) Ocasionalmente, a execução de uma manobra à esquerda poderia fazer com que seu carro parasse e falhasse. Você teria então que reinstalar o motor.

Por alguma estranha razão, você aceitaria isso também.

4) A Apple faria um carro em parceria com a Sun, confiável, cinco vezes mais rápido e dez vezes mais fácil de dirigir. Mas apenas poderia rodar em 5% das estradas.

5) Os indicadores luminosos de falta de óleo, gasolina e bateria seriam substituídos por um simples "Falha Geral ou Defeito Genérico".

6) Os novos assentos obrigariam a todos terem o mesmo tamanho default de bumbum.

7) Em um acidente, o sistema de air bag perguntaria: "Você tem certeza que quer usar o air bag?", antes de entrar em ação.

8) No meio de uma descida pronunciada, quando você ligar o ar-condicionado, o rádio e as luzes ao mesmo tempo, ao pisar o freio apareceria uma mensagem do tipo "Este carro realizou uma operação ilegal e será desligado!"

9) Se desligar o seu carro utilizando a chave, sem antes ter desligado o rádio ou o pisca-alerta, quando fosse ligá-lo novamente, ele iria checar todas as funções do carro durante meia hora, e ainda lhe daria uma bronca para não fazê-lo novamente.

10) A cada novo lançamento de carro, você teria de reaprender a dirigir, voltar à auto-escola e tirar uma nova carteira de motorista.

11) Para desligar seu carro, você teria de apertar o botão "Iniciar"


Claro que, por ser uma noticia antiga, ninguém sabe se essas declarações foram realmente de algum representante da GM, mas não deixou de ser bem inspirada essas comparações. Agora faz-se valer aquele velho ditado: "Quem fala o que não deve, escuta o que não quer".


Link para referência