10.9.08

London Stock Exchange parada por falha no sistema... get the facts?

A Bolsa de Valores de Londres (LSE) sofreu a pior falha em seus sistemas em oito anos nessa segunda-feira, forçando a terceira maior bolsa de valores do mundo a suspender negociações por cerca de sete horas.
A causa exata do problema ainda é desconhecida e provavelmente jamais será esclarecida.


Interessante que a Microsoft no final de 2006, lançou uma enorme campanha afirmando que a London Stock Exchange havia optado pelo Windows em vez do Linux por questões de confiabilidade. Essa não é a primeira vez que o sistema Infolect – baseado em .NET, MS-SQL e Windows Server – apresenta falhas. Em setembro de 2007, a bolsa de Londres foi atingida por problemas de conectividade quando três gateways Infolect não suportaram a demanda.
Opinião bem oposta tem a NYSE (bolsa de valores de Nova York) que usa Linux e AIX há mais de um ano sem qualquer parada.

"Queremos respostas quanto à forma como isso aconteceu, e garantias de que não aconteça de novo" disse Angus Rigby, diretor executivo da corretora TD Waterhouse.

Fonte: Reuters

2.9.08

Sua Certificação em Linux: O Bicho Papão virou um gatinho!

Seguir uma carreira de tecnologia em Linux pode parecer muito difícil, mas isso passou a ser coisa literalmente do passado. As ferramentas de administração, interfaces de instalação, monitoração e gerenciamento mudaram muito ao longo dos anos, fazendo com que o Linux começasse a perder aquela aparência de monstro intocável, que somente os "ninjas" da área de TI poderiam operar.

Esse investimento em uma interface amigável foi fundamental para que o Linux saísse dos laboratórios fundo-de-quintal e passassem a fazer parte do dia-a-dia de milhares de empresas ao redor do planeta. E isso só tende a crescer mais e mais. Todo esse caminho se resume a uma palavra: Maturidade.

E Então? que tal incrementar seu currículo com uma boa certificação Linux e sair na frente? aqui vai algumas dicas:
A primeira coisa que você deve considerar é se vai querer fazer um caminho em sua carreira Linux voltado para certificações de uma determinada indústria ou partir para uma carreira em Linux "neutra". É chamada de neutra devido a certificação não estar atrelada a um determinado fabricante, como as certificações emitidas pelo LPI (Linux Professional Institute). Veja abaixo o resumo de alguns programas de certificação que permitem construir uma carreira consistente em Linux:


Fabricante : Red Hat

A Red Hat Linux oferece certificação em 6 categorias:

Red Hat Certified Technician (RHCT) - Recomendado para técnicos que configuram sistemas baseados em Red Hat Linux, preparando-os também para trabalharem em rede. Os técnicos são submetidos a meio dia de exame em laboratório.

Red Hat Certified Engineer (RHCE) - Esta certificação é para administradores de sistemas baseados em Red Hat Linux em nível avançado. Os candidatos a essa certificação são submetidos a um dia de exame em laboratório, cujo exame é constituído por um teste escrito, configuração de servidor e conectividade de redes e laboratório de diagnóstico e troubleshooting.

Red Hat Certified Architect (RHCA) - Essa certificação exige do candidato habilidades de planejar, gerenciar e desenhar uma infra-estrutura de código aberto em grandes e complexos ambientes.

Red Hat Certified Security Specialist (RHCSS) - Os candidatos devem passar em 3 exames que abrangem a utilização do Red Hat Interprise Linux, SELinux e Red Hat Directory Server.

Certificados de Expertise - Provê uma série de especializações para profissionais certificados RHCE.

Red Hat Certified Datacenter Specialist (RHCDS) - Esta certificação testa a habilidade profissionais em implementar soluções baseadas em Red Hat Linux em ambientes de alta criticidade, como os datacenters.


Fabricante: NOVELL

Novell Certified Linux Administrator (CLA) - testa a habilidade em administração de servidores baseados em SUSE Linux Enterprise Server.

Certified Linux Desktop Administrator (CLDA) - testa a habilidade em instalar , configurar e gerenciar desktops baseados em SUSE Linux Enterprise Desktop em uma rede corporativa.


LPI - Linux Institute Professional

LPIC-1 - Nível básico para formação de um administrador júnior
LPIC-2 - Capacita um administrador pleno, tendo como requisito a LPC-1
LPIC-3 - Capacita o profissional de nível administrador sênior, podendo ainda fazer mais de uma prova para se especializar em determinada área.

Mas devo escolher uma certificação neutra ou baseada num fabricante?

Aí depende se você já está trabalhando ou não. Caso esteja e sua empresa atue com uma distribuição de Linux baseada num fabricante específico, siga esse caminho em sua certificação, pois assim você tirará melhor proveito do canudo.

Caso contrário, seja abrangente, escolha uma certificação neutra. Veja em onde estudar sobre os centros de exames que disponibilizam provas para as certificações Linux apresentadas acima e os links das empresas e organizações para maiores informações como preços dos exames, centros de treinamentos autorizados, abrangência dos exames, fóruns e muito mais.


Fonte: Vinicius Nogueira