29.7.13

Inicialização rápida do LibreOffice no Linux


Quem já usou o LibreOffice no Windows pode perceber uma diferença absurda na velocidade de inicialização em relação ao LibreOffice no Linux. Essa diferença existe porque no Windows o LibreOffice tem um carregamento prévio durante a inicialização do sistema, armazenando parte dele na memória. Com isso o carregamento é quase instantâneo.

E isso não é nenhum bicho de sete cabeças, por padrão na instalação do LibreOffice no Windows é carregado na inicialização um pequeno arquivo chamado quickstart  arquivo este também existente na instalação do LibreOffice para Linux. E então porque no Linux ele inicia muito mais lento?
Até algumas versões anteriores existia a opção de carregamento durante a inicialização (se não me engano nas versões 2.x) porem nas versões mais recentes do LibreOffice para Linux essa opção foi retirada. Então o que fazer? Vamos colocar o tal de quickstart  para carregar previamente durante a inicialização!!

No openSUSE basta basicamente invocar o comando /usr/lib/libreoffice/program/soffice.bin --quickstart porem ele executa somente em uma instância, o que não seria muito pratico invoca-lo toda vez que fosse usar o LibreOffice. A solução seria tornar esse comando ativo enquanto o sistema estiver em uso. A solução é relativamente simples, vamos criar um script com o seguinte conteúdo:

#!/bin/sh
#
# Inicialização rápida do LibreOffice
#

while :
do
/usr/lib/libreoffice/program/soffice.bin --quickstart
done


Copie e cole no editor de textos de sua preferência e salve com o nome quickstart.sh (ou baixe ele aqui). Depois dê permissão de execução (chmod +x quickstart.sh). Se seu sistema for mono-usuário salve em sua home mesmo, caso contrario salve no /opt como eu fiz.
Feito isso agora precisamos criar um atalho desse script que será carregado durante a inicialização do KDE (ou qualquer outro DE). Para tal, basta acessar o menu K / Configurações do sistema / Inicialização e desligamento / Iniciar automaticamente e depois clicar em Adicionar programa (e não em Adicionar script) e procurar o caminho do script. No caso ficará assim:




Praticamente é só isso, agora reinicie o KDE e depois verá que o LibreOffice terá uma abertura quase que instantânea. Nem sequer o splash irá aparecer.
Para quem não usa o KDE ou quer simplesmente fazer esse procedimento no modo texto, segue a dica: (console como root)

mkdir /opt/LibreOffice

wget https://dl.dropboxusercontent.com/u/15983230/quickstart.sh /opt/LibreOffice

chmod +x /opt/LibreOffice/quickstart.sh

Agora como usuário comum:

wget https://dl.dropboxusercontent.com/u/15983230/quickstart.sh.desktop ~/.config/autostart/

Reinicie seu DE e veja o resultado.

Abraços!